FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Décimo Sete Encontro da Confraria Reinações



Existe, aqui no Rio de Janeiro, um evento mensal muito legal, de leitura e discussão de textos infantis e juvenis, nos moldes dos já conhecidos book clubs americanos e europeus.
Chama-se Confraria Reinações Cariocas e é aberto a todos escritores e leitores que queiram participar. Até hoje foram 16 encontros, sendo que o próximo já está marcado para o dia 20 de dezembro, às 19hs, na Biblioteca Popular Municipal de Botafogo Machado de Assis, localizada na Rua Farani 53.
O 17º Encontro da Confraria Reinações terá como tema a poesia de José Paulo Paes.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Seminário Mobilidade Urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro 2011



Criar um amplo fórum popular permanente para propor soluções que atendam às necessidades da população relacionadas ao transporte caótico do Rio de Janeiro. Este é o principal objetivo do Seminário de Mobilidade Urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, que acontece no próximo dia 10, a partir das 9 horas, no 24º andar do Clube de Engenharia (Av. Rio Branco, 124, Centro).

A região metropolitana fluminense tem 19 municípios e 11, 8 milhões de habitantes. Para a mobilidade destas pessoas são utilizados diversos meios de transporte, entre eles ônibus, trens, metrô e barcas. Como os governos do estado e as prefeituras agem com descaso em relação à população, os serviços são de péssima qualidade. Daí a importância do seminário, organizado entre outras entidades, pelo Departamento de Transporte do Clube de Engenharia, Federação das Associações de Moradores do Município do Rio de Janeiro, Conselho Regional de Engenharia (Crea-RJ), associações de moradores e sindicatos. A privatização das barcas, metrô e trens, por exemplo, durante o governo Marcello Alencar (PSDB), só enriqueceu os grupos concessionários, piorando a situação dos serviços. A renovação e a extensão das concessões de metrô e trens à iniciativa privada, definidas este ano por Cabral Filho, foram um crime contra a população.

Superlotação

Os problemas são muito graves. As barcas sempre foram um transporte seguro, pontual e muito barato. Com a privatização as linhas passaram a apresentar atrasos constantes e os preços tornaram-se exorbitantes. Os problemas são tão grandes que foram investigados por uma CPI em 2010, o que poderá se repetir este ano a partir de novos acidentes, o mais recente do catamarã que, vindo de Niterói, se chocou com o cais da Praça Quinze, na última segunda-feira (28/11).

A frota de 16 mil ônibus é insuficiente para atender aos deslocamentos. A maioria das linhas trafega com veículos superlotados durante o dia. À noite passam a ser muito raros. São velhos (média de mais de 5 anos) e enguiçam provocando engarrafamentos. Os trens, com a privatização, passaram para a Supervia. Estão constantemente atrasados, com maquinário velho e sucateado, quentes (dos 158 em circulação só 36 têm ar-condicionado), caros, com panes sistemáticas e superlotados. Os usuários são agredidos por conta disto, como aconteceu em abril de 2009, no episódio lamentável conhecido como “trem da chibata”. No Metrô, os vagões também vivem superlotados, com alta temperatura nas estações e, muitas vezes, dentro das composições. Acidentes tornaram-se comuns. Nada disto, no entanto, impediu que o governador Cabral Filho criminosamente renovasse por mais 20 anos a concessão ao grupo privado que administra o serviço. Já o contrato da Supervia, que terminaria em 2023, foi prorrogado por Cabral até 2048.

Seminário de Desarmamento, Controle de Armas e Prevenção à Violência


A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) e o Sistema das Nações Unidas no Brasil realizarão no dia 12 de dezembro (segunda-feira), às 10h, o Seminário de Desarmamento, Controle de Armas e Prevenção à Violência, em comemoração do Dia dos Direitos Humanos 2011. O evento será no Palácio Tiradentes (sede da ALERJ).
O seminário contará com a participação de diversas organizações, como o Ministério da Justiça, a Secretaria de Políticas para as Mulheres, a Frente Desarma Brasil, o Instituto Sou da Paz e o Viva Rio, além de diversas autoridades e especialistas no assunto – como o convidado especial Sérgio Duarte, Alto Comissário das Nações Unidas para Assuntos de Desarmamento.
Haverá três painéis temáticos: Controle de Armas na América Latina e Caribe: Avanços e Desafios; Juventude, Raça/Etnia e Letalidade; e Gênero, Raça/Etnia e Violência Armada.
Seminário de Desarmamento, Controle de Armas e Prevenção à Violência
Data e horário: 12 de dezembro de 2011, às 10h
Local: Palácio Tiradentes – Plenário Barbosa Lima Sobrinho – Rua 1° de Março, S/N°, Praça XV/Centro, Rio de Janeiro.
Não é necessário se inscrever no evento para participar.

Confira a programação abaixo

10h – Cerimônia de Abertura:
  • Paulo Melo, Presidente da ALERJ
  • Jorge Chediek, Coordenador Residente do Sistema da ONU no Brasil
  • José Mariano Beltrame, Secretário de Segurança do Estado do Rio (a confirmar)
Convidado especial: Sérgio Queiroz Duarte, Alto Comissário da ONU para Assuntos de Desarmamento
  • Assunto: O Papel do Sistema Nações Unidas no Controle de Armas: A Relevância dos Mecanismos Internacionais

Painel I: O Controle de Armas na América Latina: Avanços e Desafios

  • Moderação: UNODC / PNUD
  • Horário: 11h
Antonio Rangel Bandeira, Viva Rio
  • Assunto: Análise Comparada: Avanços e Desafios para o Desarmamento no Brasil, no Mundo e na Região.
Luis Paulo Barreto, Secretário Executivo do Ministério da Justiça / Vice-Ministro da Justiça
  • Assunto: Política Nacional de Controle de Armas
Melina Risso, Instituto Sou da Paz
  • Assunto: Experiência do Plano Estadual de São Paulo
Júlio Cesar Purcena, Viva Rio
  • Assunto: Análise sobre o Processo da CPI das Armas
Perguntas por escrito

Painel II: Juventude, Raça/Etnia e Letalidade

  • Moderação: UNESCO / UNIC RIO
  • Horário: 12h15
Silvia Ramos, Coordenadora da Área de Minorias, Movimentos Sociais e Cidadania do Cesec
  • Assunto: Juventude, Raça/Etnia e Violência Armada
Casimira Benge, Chefe da área de Proteção do UNICEF
  • Assunto: O que nos diz o Índice de Homicídios de Adolescentes
Edson Cardoso, Assessor Especial da SEPPIR
  • Assunto: Plano Plurianual da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial
Perguntas por escrito
13h15 – Almoço

Painel III: Gênero, Raça/Etnia e Violência Armada

  • Moderação: ONU MULHERES / UNICEF
  • Horário: 14h30
Tatiana Moura, Diretora Executiva do PROMUNDO
  • Assunto: Enfrentamento à Violência Armada Contra as Mulheres
Cláudia Moraes, Capitã da Polícia Militar e Analista Criminal do Instituto de Segurança Pública (ISP/RJ)
  • Assunto: Letalidade de Mulher com Arma de Fogo
Jurema Werneck, médica e diretora da ONG CRIOLA
  • Assunto: Etnia e Raça na Violência Armada Contra as Mulheres

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

XVII Encontro da Confraria Reinações

Lançamento do Livro Royalties do Petróleo

CONVITE LANÇAMENTO LIVRO.jpg

Lançamento do Livro Artes, Artistas e Arteiros




Lançamento do livro "Artes, Artistas e  Arteiros"
de Orlando Mollica


O autor aponta uma maneira de contar histórias da arte de forma bem humorada, ágil e de fácil assimilação ao mais comum dos leitores estimulando a sensibilidade através da interação com os fatos e personagens da narrativa.
9 dez, 19h | Salão Nobre
Escola de Artes Visuais do Parque Lage-RJ 

Exposição Ivens Machado



Desde oengenheiro de fábulas”, retrospectiva que ocupou o Paço Imperial em 2001, o celebrado artista conceitual e escultor Ivens Machado não fazia uma grande exposição no Rio. O espaço da Casa França-Brasil, que classifica como “belíssimo”, atraiu e aguçou seu desejo de criar em amplitude.
Evangelina Seiler, presidente da Casa, convidou o artista para pensar essa grande exposição, que encerrará um ano bastante criativo e movimentado na instituição. – O conjunto da obra de Ivens Machado é muito importante na história da arte contemporânea brasileira. É um grande artista e temos a honra de recebê-lo aqui com essa mostra única.
Ivens concebeu para a mostra grandes ambientes com suas obras, todas sem título. – Criar um título, seria a meu ver uma nova obra, portanto minhas obras são assim, sem título – explica. A primeira delas é releitura de uma obra anterior, apresentada pelo artista na Bienal de São Paulo de 2004: apresenta grande quantidade de troncos de madeira (certificada e aprovada pelo Ibama para utilização na obra) em pilhas de alturas variáveis (entre 1,80 m e 2,20 m), numa disposição inédita, obtida com o auxílio de formas de alumínio posteriormente retiradas.
Pirâmides de terra de alturas variadas contemplam um pequeno aeromodelo de 70 cm, que paira sobre elas. – Essa obra tem uma novidade: a inserção do movimento, representado pelo aeromodelo. Isso não é muito comum no meu trabalho – conta Ivens.
Numa das salas laterais o público atravessará um ambiente opressivo, mesmo claustrofóbico, construído com caixas de papelão de todos os tamanhos e formatos – e, ao final do percurso, encontrará um trabalho inédito de videoarte, produzido para esta exposição. O protagonista é o próprio artista, que foge de uma perseguição por um personagem do seu imaginário. – Acabo apanhado, preso e fragilizado – revela.
A outra sala lateral é ocupada por painéis de azulejos em cuja superfície Ivens interfere, descontextualizando sua função.
A terra, as madeiras e as caixas de papelão utilizados na exposição de Ivens Machado, serão reaproveitados após o encerramento da mostra. A adequação das obras ao espaço da Casa França-Brasil e a supervisão da montagem contam com o suporte do arquiteto Pedro Rivera.
Tanto a organização dos troncos quanto os montes de terra e a composição de caixas de papelão propõem uma trajetória, um percurso para se chegar a algum lugar.
O catarinense Ivens Machado nasceu em Florianópolis em 1942. Autor de uma obra singular e consagrada, participou de várias bienais, com destaque para a de Paris, a do Mercosul e a de São Paulo. Desde o início, sua obra despertou grande interesse de galerias, museus, curadores e críticos de arte. Ivens Machado é também um dos pioneiros da videoarte no Brasil, ao lado de artistas como Anna Bella Geiger, Sonia Andrade e Letícia Parente.
Entre as suas mostras mais recentes estão Made in China (Luciana Brito Galeria, São Paulo, 2010), Encontros/Desencontros (Oi Futuro, Rio, 2008), Acumulações (Paço Imperial, Rio, 2007) e Quase escultura (Galeria Márcia Barrozo do Amaral, Rio, 2007). O engenheiro de fábulas percorreu, em 2001/2002, o Paço Imperial (Rio), a Pinacoteca do Estado (São Paulo), o Museu de Arte Contemporânea de Curitiba e o Museu Vale (Vitória).

Digital News Show. Feira de Jornalismo Digital 2011

Divulgação

O Rio de Janeiro será palco do primeiro evento direcionado às novas tecnologias usadas para fazer jornalismo nas plataformas digitais. A Digital News Show (DNS) será realizada em dezembro para um público de estudantes, profissionais, atuantes da área de jornalismo digital e interessados em tecnologia de modo geral. A abertura do evento será feita por Maurício Menezes, jornalista, humorista e criador do show Plantão de Notícias. A DNS acontecerá nos dias 10 e 11 de dezembro no Centro de Convenções SulAmérica, no centro do Rio.
Estandes de grandes grupos jornalísticos e de empresas que desenvolvem soluções de interesse da indústria do jornalismo digital estarão no evento para mostrar o que há de mais inovador nesse meio. Realidade aumentada, aplicativos móveis, infográficos interativos, QR codes, edições digitais e sistemas de publicação são alguns dos atrativos que serão expostos.

"A Digital News Show é fruto de um ano de pesquisa de mercado. O formato de feira, além de ser algo que fará bem ao cenário e à indústria do jornalismo digital, será um parque interativo para o público e, inclusive, irá possibilitar rodadas de negócios entre os veículos e os fornecedores de soluções tecnológicas", afirma Mario Lima Cavalcanti, diretor executivo do portal Jornalistas da Web e organizador da Digital News Show.

INTERAÇÃO E PAINÉIS DE DEBATES

O visitante poderá interagir com as tecnologias mostradas pelos expositores e, nos dois dias do evento, poderá adquirir equipamentos como tablets, smartphones, e-readers e câmeras digitais por preços atraentes. O público conhecerá também a história do desenvolvimento da internet em todo o mundo, com toda sua evolução e os acontecimentos mais marcantes.
Durante os dois dias de feira, serão realizados painéis de debates com temáticas ligadas ao jornalismo digital. Um dos painéis confirmados é "A força dos Podcasts", com Eduardo Spohr - autor do best-seller "A Batalha do Apocalipse" e participante do Nerdcast, o podcast do site Jovem Nerd - e Gustavo Guanabara - editor do podcast de tecnologia Guanacast. O painel terá mediação de Nick Ellis, editor-chefe do site de tecnologia TechTudo, da Globo.com.


A feira conta com o apoio da Associação Brasileira das Agências Digitais (ABRADi), da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), da Arteccom e da Revista Wide, da Faculdade CCAA, do portal Webinsider e da Rede JorTec. Os estandes já podem ser reservados pelos expositores e os ingressos começarão a ser vendidos em breve no site oficial. JW.

Festival Cultural digital BR 2011



O Festival CulturaDigital.Br é um evento de alcance internacional que promove um intercâmbio de ideias entre os agentes da cultura digital nacional e de outros países.

Reúne arte, tecnologia, política pública e cultura livre, tendo por objetivo debater questões relevantes da conjuntura nacional e global através de palestras, encontros, laboratórios e performances artísticas.

O evento chega a sua terceira edição em 2011 em um momento marcado pela apropriação das tecnologias por jovens realizadores que vêm estremecer antigos conceitos.

Local

MAM, Cine Odeon
Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro - Av Infante Dom Henrique 85, Parque do Flamengo / Odeon Petrobras - Praça Floriano, 7 – Centro, RJ

Programação do Evento

Veja a programação completa aqui

Footecon 2011



Além do técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, a oitava edição do Footecon tem confirmada a participação de treinadores de renome como Carlos Alberto Parreira, Tite, Nei Franco, Dorival Júnior, Jorginho, Antônio Lopes, Joel Santana, entre outros. Washington Olivetto também será palestrante no painel sobre marketing e comunicação no esporte.

As atrações internacionais já confirmadas são Jürgen Klinsmann, técnico dos Estados Unidos, Jordi Mestre, diretor técnico do CT La Masia, do Barcelona, e o árbitro colombiano Oscar Ruiz, considerado um dos melhores do quadro da FIFA e que participará do fórum de arbitragem mediado por Arnaldo Cesar Coelho.

O evento será realizado nos dias 06 e 07 de dezembro, no Copacabana Palace, de 9h às 19:30h.

Quinto Salão do Livro

Entre os dias 01 e 03 de Dezembro, foi realizado o 5º Salão do Livro das Escolas Estaduais, promovido pela Secretaria de Estado de Educação, no Centro de Convenções SulAmérica, no Centro do Rio. Neste ano, foram 124 estandes, com 206 selos de editoras, montados para atender as unidades escolares, que irão receber uma verba especial de oito milhões, para uso exclusivo nos três dias de evento.
Os títulos expostos foram vendidos com descontos de 30% sobre o preço de capa (catálogo). Além disso, o público, formado por coordenadores, diretores, professores e alunos, poderá participar de diversas apresentações e atividades culturais.
O Salão do Livro visa desenvolver o gosto pela literatura dos alunos e dar suporte à formação docente e ao trabalho pedagógico, estimulando ações promotoras de leitura desenvolvidas por todos os membros das unidades. Desde a inauguração da primeira edição do evento, em dezembro de 2007, os 1.457 colégios estaduais tiveram a oportunidade também de abastecer as prateleiras de suas bibliotecas com clássicos da literatura.
O Centro de Convenções SulAmérica fica na Av. Paulo de Frontin, esquina com Av. Presidente Vargas, no Estácio, Zona Norte do Rio de Janeiro. O espaço estará aberto das 9h às 18h e a programação será exclusiva para a rede pública estadual.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

II Colóquio Internacional Michel Foucault


Ao mesmo tempo, a realização do I Colóquio pretendeu abrir um espaço propício para fomentar o debate instaurado em torno de problematizações e temáticas que podem ser suscitadas ou alimentadas pelo vasto legado deixado por Michel Foucault, o que se desdobra na realização desta segunda edição. Além dos Programas de Pós-Graduação em Educação, em História e em Filosofia, envolvidos na primeira, agora também se juntam neste esforço coletivo o Programa de Ciências Sociais e o de Psicologia.
De modo que, neste II Colóquio, a proposta é refletir sobre a infância e diferentes modos de concebê-la em nossa sociedade. Busca-se por em foco saberes e práticas sobre a infância, indagando-a como algo que se inventa, como uma construção histórica em suas múltiplas formas.
A infância, entendida como uma invenção moderna, ocupa espaços sociais – da mídia, da medicina, da psicopedagogia, do consumo, da pedagogia, da psicologia, da literatura, entre vários outros –, de modo que sua existência é atravessada por processos de acumulação de saberes sobre o corpo, o desenvolvimento, as capacidades, as vontades, as tendências, as brincadeiras, as fragilidades, as vulnerabilidades, os instintos, as paixões e potências infantis que, por sua vez, se acoplam a práticas discursivas e não discursivas em que tais saberes se imbricam em mecanismos de poder, cujo resultado acaba sendo a produção de uma infância governada, segundo normatividades da sociedade que se empreende.
Nessa perspectiva a infância deve ser conduzida, segundo modelos estabelecidos científica e institucionalmente, consubstanciando uma concepção que é parametrada e, ao mesmo tempo, também é parâmetro de políticas educativas, políticas de conhecimentos, legislações, estruturas e funcionamentos de escolas para crianças e de toda uma rede de instituições que as acolhem, fabricando-se, assim, uma infância pautada na continuidade cronológica, no tempo como sucessão e sequência de etapas do desenvolvimento.
Pensar a infância, problematizando-a como uma invenção, permite perceber sua construção histórica como categoria das ciências do homem e a forma como ela é engendrada no contexto social moderno. Neste sentido, pensar com Foucault possibilita ver, desde essa perspectiva administrativa, o que se está fazendo da infância e com a infância em nosso tempo presente.
Não obstante, Foucault não ter desenvolvido uma teoria da infância, uma formulação conceitual sistemática do tema, há em sua obra chaves de compreensão com as quais se pode descortinar modos diferentes de se pensar as formas dessa administração infantil, fornecendo pistas para concebê-la como produção histórica, construção cultural e, portanto, desvinculada de definições estáticas, naturalizantes e essencialistas.

Local do Evento

Universidade Federal de Uberlândia
Av. João Naves de Ávila, 2121
Campus Santa Mônica - Bloco 3Q
38400-902 - Uberlândia/MG

ISATEC 2011


ISATEC RIO 2011 - 01 DE DEZEMBRO DE 2011
GRADE OFICIAL DO EVENTO
08h Credenciamento e abertura
8h20 LEAD: LABORATÓRIO DEDICADO AO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE REDES DIGITAIS DE CAMPO NA PETROBRAS PETROBRAS MIGUEL BORGES
8h40 AMBIENTE DE TESTES PARA INTRUMENTAÇÃO E CONTROLE DE DUTOS - O CTDUT CTDUT ARTHUR JORGE DE FREITAS BRAGA
9h GESTÃO DE ATIVOS DE AUTOMAÇÃO UTILIZANDO FERRAMENTA CAE INTEGRADA PETROBRAS GIL PINHEIRO
9h30 SISTEMAS DE MONITORAMENTO REMOTO DE VÁLVULAS E PST (PARTIAL STROKE TESTING) EM SISTEMAS SIL (SAFETY INTEGRITY LEVEL) WESTLOCK LUIZ FRANCO
10h10 MANTENDO O SIL DE UM SISTEMA INSTRUMENTADO DE SEGURANÇA ISA/ EXIDA MONICA LEVY HOCHLEITNER
10h40 PRINCIPAIS ASPECTOS EM APLICAÇÕES DE REDES SEM FIO INDUSTRIAIS UERJ JORGE LUÍS MACHADO DO AMARAL e MÁRCIO SEBASTIÃO COSTA
11h20 UMA SOLUÇÃO COMPLETA DE CONTROLE AVANÇADO COM 100% DE CONTEÚDO NACIONAL TRISOLUTIONS LEANDRO PORTO LUSA
12h ALMOÇO
13h SEGURANÇA FUNCIONAL DESENVOLVIDA EM LABORATÓRIO UNISINOS EDLAR PREDABON
13h40 CERTIFICAÇÃO DE PROJETOS DE AUTOMAÇÃO COM REDES DIGITAIS ISA/ PEPPERL FUCHS AUGUSTO PEREIRA
14h20 O ESTADO DA ARTE NA DETECÇÃO DE INTERFACE USE ENG. JOSÉ GUILHERME CARVALHO
15h AUTOMAÇÃO EM PLATAFORMAS DE PETRÓLEO. ALTUS FERNANDO ANDRIOLA
15h40 SISTEMAS INTEGRADOS CERTIFICADOS DE FOGO, GÁS E SUPRESSÃO. DET-TRONICS/ KIDDE YOUHANNA LIGABO
16h20 MESA REDONDA CONTEÚDO LOCAL (ANP, ABIMAQ, PETROBRAS e DNV)
Carlos Henrique Wildhagen Moura - Consultor Técnico Petrobras
Claudio Makarovsky - Conselho de Óleo e Gás da ABIMAQ - General Manager Masoneilan, Consolidated Products GE Energy - Oil & Gás
Alberto Machado- Diretor Executivo do Conselho de Óleo e Gás da ABIMAQ
18h20 TRADICIONAL COQUETEL DE CONFRATERNIZAÇÃO COM STAND-UP COMEDY – JUNIOR CHICÓ

Seminário A Mulher na Mídia 8



 

Nos dias 29, 30 de novembro e 1º de dezembro, será realizado no Rio de Janeiro o Seminário Nacional A Mulher e a Mídia 8, cujo tema é Mídia, Sexismo e Racismo: uma pauta ainda em questão? O encontro é voltado para quem atua nas áreas de comunicação, gênero e raça/etnia.

Para participar, é necessário preencher a ficha de pré-inscrição até 9 de novembro. Serão confirmadas 140 inscrições. A programação e o local do evento serão divulgados em breve. Haverá transmissão ao vivo pela internet e internautas poderão participar do debate via e-mail.

O seminário é promovido pelo Instituto Patrícia Galvão, Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Fundação Ford e ONU Mulheres com apoio do BNDES.

Outras informações:
Transmissão online: o Seminário Mulher e Mídia de 2011 será transmitido ao vivo por Internet e as/os internautas poderão participar dos debates via e-mail.
Alimentação: A organização do Mulher e Mídia oferecerá almoço e coffee break para as/os participantes.
Hospedagem: Para as/os participantes que não residem na cidade do Rio de Janeiro, será oferecida hospedagem a partir das 15h do dia 29 de novembro, em local ainda a ser definido.
Transporte: Não haverá apoio para transporte aéreo ou terrestre das/os participantes.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

V Encontro Internacional de Cinema e Educação




Já em sua quinta edição, o ENCONTRO INTERNACIONAL DE CINEMA E EDUCAÇÃO é organizado pelo grupo de pesquisa
e extensão da UFRJ, Cinema para Aprender e Desaprender (CINEAD), pertencente ao Laboratório do Imaginário Social e Educação (LISE)
e ao Laboratório de Educação, Cinema e Audiovisual (LECAV), o Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE)
da Faculdade de Educação e, a partir deste ano, também pelo Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação (PPECO),
em parceria com Colégio de Aplicação da UFRJ e com a Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

Este evento tem como público-alvo preferencial alunos e professores das diversas instâncias do ensino, bem como estudantes
e profissionais que possuam interesse no eixo cinema-educação, e visa aprofundar os diálogos entre cinema e educação,
convocando especialistas na área para discutir acerca de temáticas relevantes.
Simultaneamente ao Encontro, ocorre também a Mostra da Faculdade de Educação no MAM, e a Mostra Mirim Internacional
de Minutos Lumière, ambos indo para sua quarta edição, onde são apresentados filmes da categoria "Minutos Lumière", da
autoria de crianças e jovens em idade escolar de todo o mundo.

É emitido certificado de participação de 15h para aqueles que assistirem parcialmente às atividades; e certificado de
participação de 30h para aqueles que participarem integralmente das atividades do encontro.

Seminário A Crise no Capitalismo e o Desenvolvimento no Brasil

Fundações Partidárias debatem “A crise no capitalismo e o desenvolvimento do Brasil

 O evento contará com transmissão on line realizada pela Fundação João Mangabeira (FJM)
A Fundação João Mangabeira (PSB) juntamente com as Fundações Perseu Abramo (PT), Leonel Brizola (PDT) e Maurício Grabois (PCdoB) realizam na próxima segunda feira (28.11), entre 09h30m e 21h, no Hotel Novo Mundo, no Rio de Janeiro, o Seminário “A crise no capitalismo e o desenvolvimento do Brasil”.
Personalidades políticas e referências no campo dos debates acerca de questões desenvolvimentistas e econômicas no cenário brasileiro, já confirmaram presença. “O objetivo do evento é debater a crise econômica internacional e o seu impacto na economia e no desenvolvimento do Brasil. É importante pensar os desafios de um país como o nosso”, destaca o presidente da Fundação João Mangabeira e primeiro-secretário Nacional do PSB, Carlos Siqueira.
Para intensificar o acesso e a participação das pessoas interessadas no tema e que não estarão participando presencialmente, a Fundação João Mangabeira irá transmitir o Seminário on line no endereço: www.tvjoaomangabeira.com.br
Confira a programação do evento:
Seminário: A crise no capitalismo e o desenvolvimento do Brasil
Local: Rio de Janeiro, Hotel Novo Mundo
Data:28 de novembro de 2011
Horário: 09h30m às 21h


Programa Preliminar
09:30 – 10:00 Abertura e apresentação da atividade:
Nilmário Miranda Presidente da Fundação Perseu Abramo
10:00 – 13:00 A Crise Internacional
Expositores: Maria da Conceição Tavares, Luis Carlos Bresser Pereira, Carlos Lessa, Theotônio dos Santos (20’ cada)
Moderador: Carlos Siqueira – Presidente da Fundação João Mangabeira e primeiro-secretário Nacional do PSB
13:30 – 14:30 Almoço
14:30 – 17:30 O Brasil frente à crise – as políticas macroeconômicas
Expositores: Luiz Carlos Belluzzo, Carlos Alonso, Antonio Delfim Netto, Ricardo Bielschowsly (20’ cada)
Moderador: Adalberto Monteiro – Presidente da Fundação Maurício Grabois
18:00 – 21:00 O Brasil frente à crise – políticas desenvolvimentistas
Expositores: Márcio Pochmann, Tânia Bacelar, Wilson Cano, Nelson Barbosa (20’ cada)
Moderador: Manoel Dias – Presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini
21:00 Encerramento

Seminário Internacional Espaço Social e Políticas Públicas: Meninos em Situação de Rua


Coordenadores:
Enzo Rossi (Universidade de Roma “Tor Vergata”)
Dario Sousa e Silva, Maria Josefina Sant’Anna (UERJ)

PRIMEIRO DIA - 30 DE NOVEMBRO
Auditório 91 Bloco F nono andar - Abertura : 9:00
Profa. Cléia Schiavo e Prof. Angelo Aniello Avella
(Universidade de Roma “Tor Vergata”)
9:30 - 10:30
Experiências de extensão Itália-Brasil: Apresentação do livro
"Bambini e adolescenti in condizioni di vulnerabilità: una ricerca nelle strade di Rio de Janeiro"
de Enzo Rossi e co-autores
Irene Rizzzini
Seção 1: Comunicações temáticas de pesquisa acadêmica
10:30 - 13:00
Irene Rizzini (PUC-Rio e CIESPI)
Análise crítica das perspectivas de atendimento à população infantil e juvenil em situação de rua
Mário Volpi UNICEF Brasil
Políticas Públicas e Adolescência: vulnerabilidades e desigualdades que impedem a realização dos direitos
Elizabeth Serra (CIESPI, em convênio com a PUC-Rio)
Avanços e desafios na formulação de políticas públicas pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente
Apresentação do caderno de pesquisa do CIESPI


Seção 2: Iniciativas da sociedade civil

Márcia Gatto Rede Rio Criança
Experiências das ONGs frente às políticas públicas
13:00 - 14:30- Almoço
Continuação das seções
14:30-17:30
Maria Josefina Gabriel Sant’ Anna e Dario Sousa e Silva ( UERJ)
Dinâmica sócio espacial e crianças e adolescentes em situação de rua
Enzo Rossi Universidade de Roma “Tor Vergata”
Fatores de vulnerabilidade e trajetórias de vida
Projeção do DVD: Atividades de extensão dos estudantes da Universidade de Roma “Tor Vergata” no Brasil: pesquisa e solidariedade
SEGUNDO DIA - 01 DE DEZEMBRO
Auditório 93 Bloco F nono andar
9:30 - 12:00
Continução das seções
Frederico Poley Martins Ferreira Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte (MG)
Crianças e Adolescentes e o tempo em que moram nas ruas: Análise exploratória de alguns determinantes no Rio de Janeiro
Mara Clemente Università di Roma “La Sapienza”
Crianças e adolescentes em situação de prostituição: políticas, experiências e estratégias de intervenção (em italiano con tradução)
Mauro Furlan Associação Beneficente Amar
Experiência e resultados do Projeto Meninos de rua da Associação Beneficente Amar

Ivan de Faria Vieira Jr OAB/RJ
Título a ser anunciado

12:00 - 13:30
Mesa Redonda
Resultados de pesquisa e sugestões para as políticas públicas
Debate com a participação do público

Participarão:
Monica Alkmin
Mara Clemente
Mauro Furlan
Márcia Gatto
Frederico Poley Martins Ferreira
Enzo RossiMaria Josefina Gabriel Sant’Anna
Dario Sousa e Silva
Ivan Vieira (OAB)

Seminário Estadual Gênero, Raça-Etnia, Diversidade Sexual e Serviço Social

Evento será realizado dias 28, 29 e 30/11 pelo CRESS-RJ e incorporará atividades da ABEPSS e do PROAFRO



SEMINÁRIO ESTADUAL "GÊNERO, RAÇA/ETINA, DIVERSIDADE SEXUAL E SERVIÇO SOCIAL"
Dias 28, 29 e 30 de novembro


Objetivo:
Aprofundar os debates sobre a totalidade das relações sociais e as
particularidades nas relações entre o exercício profissional com as
temáticas do gênero, raça/etnia e diversidade sexual no cenário
contemporâneo do Serviço Social.

Local: UERJ


28/11 (segunda-feira) - Auditório 11
13:00h - Mesa de abertura - CFESS, CRESS, PROAFRO, FSS/UERJ
Palestra inicial:"Diversidade Humana e Serviço Social"
Dra. Marlise Vinagre (Profa. ESS/UFRJ)


14:00h - Mesa e debate: "Diversidade sexual e Serviço Social"Jean Wyllys (Deputado Federal)Dr. Marco José Duarte (Prof. FSS/UERJ)Bruna Andrade (Prof. UFTocantins - Doutoranda em Serviço Social)
17:30h - Coffee break18:00 - Mesa e debate: "Gênero e Serviço Social"Dra. Magali Almeida (Profa. FSS/UERJ)Neuza Pereira (ONG Coisa de mulher) - a confirmar
Dr. Guilherme Almeida (Prof. FSS/UERJ)
29/11 (terça-feira)

Manhã e tarde - Reunião do Grupo de Trabalho e Pesquisa (GTP) de Gênero, Etnia e Diversidade Sexual da ABEPSS
Noite - Evento do PROAFRO (aguardar divulgação da programação no site do CRESS)


30/11 (quarta-feira) - Auditório 1319:00 - Mesa e debate: "Questão racial e Serviço Social"Dr. Marcelo Paixao (Prof. IE/UFRJ) - a confirmarRosely Rocha (Assistente Social do Instituto Fernandes Figueira, Doutoranda em Serviço Social)Aline Batista de Paula (Assistente Social e Mestra em Serviço Social
)

domingo, 27 de novembro de 2011

Trem do Samba 2011



Trem do Samba 2011 já tem Programação
“O samba da minha terra deixa a gente moleQuando se canta todo mundo bole (…)O samba da minha terra deixa a gente moleQuando se canta todo mundo bole (…)”
Samba da minha terra
.
Está chegando o Trem do Samba 2011…
Em comemoração ao Dia Nacional do Samba (02/12) a SuperVia já está esquentando os tambores da 16°Edição do Trem do Samba… O evento começa no próximo dia 29 de novembro com shows na Central do Brasil com baluartes do samba. No sábado, dia 03/12 o Trem do Samba parte da Central do Brasil rumo a Oswaldo Cruz em diferentes horários. Confira a programação e prepare-se para começar a curtir o melhor do samba carioca!


PROGRAMAÇÃO
TREM DO SAMBA 2011

CENTRAL DO BRASIL – 18H

DIA 29/11
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, VELHA GUARDA DA PORTELA, MONARCO, MAURO DINIZ
DIA 30/11
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ E VELHA GUARDA DO IMPÉRIO SERRANO
DIA 01/12
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, ZÉ DA VELHA E SILVÉRIO PONTES, LUPERCE MIRANDA FILHO E CRISTÓVÃO BASTOS
DIA 02/12
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, DONA IVONE LARA, MONARCO, NELSON SARGENTO
OSWALDO CRUZ – 02 /12 – 20H
RUA JOÃO VICENTE (ao lado da estação de trem de Oswaldo Cruz)
REINALDO
RUA ÁTILA DA SILVEIRA
PAGODE DA TIA DOCA, MAURO DINIZ CONVIDA NOCA DA PORTELA, TIA SURICA, DELCIO CARVALHO, TANTINHO DA MANGUEIRA
CENTRAL DO BRASIL – 03/12 – 15H
MARQUINHOS DE OSWALDO CRUZ, VELHAS GUARDAS DA PORTELA, IMPÉRIO SERRANO, MANGUEIRA, SALGUEIRO, VILA ISABEL, BATEIRA DO MESTRE FAÍSCA ENTRE OUTROS
VIAGEM DOS TRENS ATÉ OSWALDO CRUZ
OSWALDO CRUZ – A PARTIR DAS 20H
RUA JOÃO VICENTE (AO LADO DA ESTAÇÃO DE TREM DE OSWALDO CRUZ)
RODA DE SAMBA NÉZIO E NEGÃO DA ABOLIÇÃO E MARTINÁLIA
RUA ÁTILA DA SILVEIRA
GRUPO DE ABERTURA (CONVIDADOS TONINHO GERAIS, MARQUINHOS DINIZ, NOCA DA PORTELA, ZÉ LUIZ DO IMPÉRIO SERRANO) E ARLINDO CRUZ
PRAÇA PAULO DA PORTELA (PORTELINHA)
VELHAS GUARDAS DA PORTELA, IMPÉRIOS ERRANO, MAGUEIRA, SALGUEIRO E VILA ISABEL E FUNDO DE QUINTAL
SAÍDAS DOS TRENS (03/12 – Estação Central do Brasil)
1º TREM – HORÁRIO 17H
PRIMEIRO VAGÃO – VELHA GUARDA DO SALGUEIRO
SEGUNDO VAGÃO – PAGODE DO RENASCENÇA
TERCEIRO VAGÃO – PAGODE DO NELSINHO E DA WILMA
QUARTO VAGÃO – CLUBE DO SAMBA
QUINTO VAGÃO – GRUPO SAMBA D`LLAS
SEXTO VAGÃO – EMBAIXADORES DA FOLIA
SÉTIMO VAGÃO – CACIQUE DE RAMOS
OITAVO VAGÃO – DEMOCRÁTICOS DE GUADALUPE
2º TREM HORÁRIO 17H30
PRIMEIRO VAGÃO – BLOCO DOS CACHAÇAS
SEGUNDO VAGÃO – BATERIA DO MESTRE FAÍSCA
TERCEIRO VAGÃO – SAMBOLA / NALDO
QUARTO VAGÃO – PARADOS NA PONTE
QUINTO VAGÃO – BIP BIP
SEXTO VAGÃO – QUINTAL DO SAMBA (SÃO JOÀO DE MERITI)
3º TREM – HORÁRIO 18H
PRIMEIRO VAGÃO – GRUPO NOSSA ARTE ( NITERÓI)
SEGUNDO VAGÃO – BLOCO MANGA PRETA
TERCEIRO VAGÃO – LOCOMOTIVAS DO SAMBA
QUARTO VAGÃO – GRUPO DA ANALIMAR
QUINTO VAGÃO – AGENDA SAMBA CHORO
SEXTO VAGÃO – CRIOLICE
SÉTIMO VAGÃO – GALERIA VELHA GUARDA DA PORTELA
OITAVO VAGÃO – GRUPO REGENTE
4º TREM – HORÁRIO 18H30
PRIMEIRO VAGÃO – SAMBA ALEGRE
SEGUNDO VAGÃO – SAMBA PURO DE BELFORT ROXO
TERCEIRO VAGÃO – CENRO CULTURAL LAPA
QUARTO VAGÃO – SAMBA LEGAL
QUINTO VAGÃO – NOSSA ARTE DE NITERÓI
SEXTO VAGÃO – SURPRESA DO SAMBA

RODAS DE SAMBA EM OSWALDO CRUZ
01
Bloco dos Cachaças
02
Manga Preta
03
Grupo Autonomia
04
Grupo da Analimar
05
Mestre Faísca
06
Pagode do Nelsinho e Wilma
07
Sobral da Serra -
08
Pagode do Gil – Democráticos de Guadalupe
09
Carvoaria do Luciano – Grupo Samba D`ellas
10
Pagode da Dulcinha e do Zaú
11
Grupo Regente
12
Renascença
13
Quintal do Samba
14
Pagode da Vera Caju- Parados na Ponte
15
Bip Bip

Campanha de Educação Ambiental nas Praias Cariocas 2011



Quem não gosta de ir a praia e ver que está tudo limpo? Mesmo para aqueles que só curtem a praia só a noite é fundamental encontrar um ambiente agradável e não ter a impressão que foram animais que passaram por ali, não é verdade?
É claro que no fim do dia a Comlurb(Companhia Municipal de Limpeza do Rio) faz o seu papel, muito bem feito por sinal, mas leva um tempo para deixar tudo em ordem.
O Verão está chegando, época em que a orla carioca fica “bombando” (muito cheia) e com isso toneladas de lixo são produzidas nas praias. Então a melhor forma de minimizar o problema é educando o povo (lembram que anos atrás ninguém utilizava o cinto de segurança nas carros e hoje, depois de uma forte campanha do uso do cinto, a maioria das pessoas automaticamente colocam o cinto ao sair com o carro?).
Pensando nisso, amanhã(26) a Prefeitura começa ações de educação ambiental na praia do Leme com orientações para os frequentadores a deixarem qualquer tipo de comida e materiais que envolvem os alimentos nas lixeiras existentes nas calçadas e que evitem a circulação de cachorros nas areias. Será montada uma tenda na praia e uma equipe vai distribuir material de divulgação sobre o monitoramento das areias. E os banhistas que se interessarem terão a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre o programa AREIAS CARIOCAS, em que técnicos da Secretaria de Meio Ambiente vão apresentar como são identificadas as bactérias indicadoras de poluição.

O Programa AREIAS CARIOCAS avalia a qualidade das areias de 27 praias cariocas e do Piscinão de Ramos, com o objetivo de assegurar as condições adequadas à recreação de contato primário, através da orientação e monitoramento de ações públicas e privadas.

A campanha será feita nos próximos 2 finais de semana, das 9h às 13h, e volta no começo do verão no dia 22/12 indo até 20/03/2012.
Pessoal vamos nos conscientizar da importância de pequenas atos (jogar o lixo na lixeira) e incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.


Programação:
Horário: das 9h às 13h:
Datas e Locais:
Dia 26/11 (sábado): Leme, no ponto central da praia;
Dia 27/11 (domingo): Copacabana, no calçadão em frente à Rua Souza Lima;
Dia 03/12 (sábado): Ipanema, no calçadão em frente à Rua Maria Quitéria;
Dia 04/12 (domingo): Leblon, próximo ao Baixo Bebê.
Obs.: a campanha vai recomeçar no período oficial da Estação Verão (22/12/2011 a 20/03/2012).

Exposição GFZ



Os desenhos do artista Gianfranco Zavalloni estarão expostos no Café com Letras entre os dias 11 e 31 de janeiro. As obras são compostas por desenhos feitos com caneta de bambu desenvolvida pelo próprio artista que costuma passar horas desenhando em seus cadernos.



Ao todo serão 20 obras com 70 cm x 70 xm que refletem o gosto pessoal de Gianfranco sobre diversos temas, como o modo que enxerga o Brasil e sua estadia em Belo Horizonte. Uma característica em comum dos desenhos é a estética clean e simples, definida pelo artista como "zen". Apesar das diversas obras prontas, Gianfranco optou por expor apenas aquelas que foram concebidas no Brasil como uma forma de mostrar sua relação com o pais.

É possivel conhecer todo o trabalho de Gianfranco Zavalloni no
Flickr dele.



Sobre o artista

Gianfranco Zavalloni nasceu no dia 07 de dezembro em Cesena, na Itália. Sempre viveu na região de Romagna até 2008 quando mudou para o Brasil para trabalhar como coordenador do Gabinete de Cultura e Escola do Ministério de Relações Exteriores da Itália. Além disso, é um dos líderes da associação voluntária Ecoistituo de Cesena.

Exposição “GFZ”

Data: 11 janeiro a 31 de janeiro
Local: Café com Letras – Rua Antônio de Albuquerque, 781
Horário de visitação: de segunda a quinta-feira, das 12h a 0h; sexta-feira e sábado, das 12h a 1h e no domingo, das 17h às 23h.
Informações: (31) 3225 9973
Entrada franca