FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

5th German-Brazilian Dialogue on Science, Research and Innovation

A quinta edição do Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação, que acontecerá em 29 e 30 de novembro, reunirá na Câmara Municipal de São Paulo gestores urbanos e pesquisadores dos dois países para debater questões relacionadas à urbanização, seus desafios e soluções.
Com o tema “The City of Tomorrow – Tackling Urban Challenges and Opportunities", o evento, realizado anualmente pelo Centro Alemão de Ciência e Inovação - São Paulo (DWIH-SP), conta este ano com a coorganização da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a FGV Projetos, a Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo e o Ministério Federal das Relações Externas da Alemanha.
Estruturado em três painéis, a conferência abordará os temas “Planejamento e Governança Urbana”, “Gestão de Água e Resíduos” e “Eficiência Energética e Clima Urbano”.  O Diálogo Brasil-Alemanha é um evento de foco científico que, nesta edição, por meio do intercâmbio e colaboração entre diferentes setores da sociedade, visa contribuir de forma plural com o debate sobre sustentabilidade ecológica, econômica e social dos centros urbanos.   
Para Marcio Weichert, coordenador do DWIH-SP, o tema não só é relevante, como urgente. “As elevadas taxas de urbanização no Brasil, 85%, e na Alemanha, 74%, mostram que as cidades crescem e se desenvolvem continuamente. Nosso Diálogo reunirá cientistas e planejadores urbanos da Alemanha e do Brasil para que juntos possam trocar experiências, compartilhar desafios comuns e buscar modelos inspiradores para as cidades do futuro”, declarou.
Entre os palestrantes e convidados da conferência estão o embaixador da Alemanha, Georg Witschel; o secretário nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Álvaro Prata; o secretário nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos do Ministério das Cidades, Eleotério Codato;  o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano de São Paulo, Fernando de Mello Franco;  o presidente da FGV, Carlos Ivan Simonsen Leal; e o presidente do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, Washington Fajardo.
Mais informações sobre o programa e as inscrições serão divulgadas em breve. Visualize aqui o "save the date" do evento. 
Parceiros e apoiadores
A Sociedade Alemã para Cooperação Internacional (GIZ) e a editora Springer Verlag também são parceiros desta iniciativa, assim como o Ministério alemão do Meio Ambiente, Conservação, Construção e Segurança Nuclear e os ministérios brasileiros das Cidades e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.
O evento conta ainda com o apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, a Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha (VDI), Goethe-Institut, as fundações Konrad Adenauer (KAS), Friedrich Ebert (FES) e Friedrich Naumann, assim como da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).