FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Teatros municipais de Belo Horizonte sediam Festival de Comédias. 2º Festival de Comédias - FESTICOM

 

Os teatros municipais Marília, Francisco Nunes e Raul Belém Machado recebem de 3 a 13 de novembro a segunda edição do FESTICOM – Festival de Comédias. Idealizado pelos atores e diretores Ilvio Amaral e Maurício Canguçu e pelo produtor, Rômulo Duque, o FESTICOM traz para a capital mineira uma série de espetáculos de comédia que fazem sucesso em Minas e no Brasil.

No total, 15 montagens serão realizadas nos três teatros municipais. O espetáculo “Brimas” do Rio de Janeiro, estrelado pelas atrizes Beth Zalcman e Simone Kalil, abrirá o Festival nesta quinta-feira, dia 3 de novembro, às 21h, no Teatro Francisco Nunes. Outras produções conhecidas do público voltam aos palcos durante o festival, entre elas “Confissões das Mulheres de Quarenta”, “Brincando em Cima Daquilo”, “Guia Prático de como Educar sua Mãe”, “Toc, Sedução e Muita Confusão”, “Boa Noite Cinderela”, “DDD - Deleite depois Delete”, “Até Que o Face Nos Separe”, entre outras. Segundo Rômulo Duque, o FESTICOM veio ocupar um vazio na produção cênica de BH. “A cidade tem um relação muito forte coma comédia e o Festival vai é uma oportunidade para público assistir o que se tem de melhor nesse gênero”, completa.

Programação de 3 a 6 de novembro

TEATRO FRANCISCO NUNES
DIA 3, QUINTA-FEIRA, ÀS 21H – ABERTURA DO FESTIVAL
Brimas
As senhoras Ester e Marion são imigrantes e durante um velório preparam quibes juntas. Enquanto cozinham vão conversando sobre suas famílias e as lembranças da vida que levaram quando jovem. E nestas histórias relatam saudades, casos divertidos e, ao mesmo tempo, transmitem sabedoria e emoção aos espectadores.
Direção: Luiz Antônio Rocha
Classificação: 10 anos
DIA 4, SEXTA-FEIRA, ÀS 21H
Vão Falar de Coisa Boa?
A dupla Caju e Totonho diverte o público com seu humor sobre situações corriqueiras. No espetáculo, os humoristas interpretam diversos personagens comuns do cotidiano, que são facilmente reconhecidos pelo espectador. Irreverentes, Caju e Totonho são sucesso de público e crítica.
Direção: Rodrigo Signoretti e Alfredo Vianna
Classificação: 10 anos
DIA 5, SÁBADO, ÀS 21H
Guarapa-rir
O casal formado por Kayete e Guilherme Oliveira vai passar férias em Guarapari. No entanto, o momento de descanso promete render muita confusão e situações cômicas. A peça é assinada pelo mesmo autor do sucesso “Acredite, um espírito baixou em mim”.
Direção: Ilvio Amaral e Maurício Canguçu
Classificação: 12 anos
DIA 6, DOMINGO, ÀS 19H
Os Sem Vergonha
Seis amigos desempregados se reúnem em uma oficina mecânica para, enfim, arrumarem uma forma de ganhar dinheiro. Depois de muitas ideias excêntricas, o grupo, então, tem um plano inusitado: fazer um show de strip-tease masculino.
Direção: Guilherme Leme
Classificação: 16 anos

TEATRO MARÍLIA
DIA 4, ÀS 21H
Confissões das Mulheres de Quarenta
Quatro atrizes se reúnem para escrever uma peça e acabam rediscutindo suas próprias vidas com muito humor. As divergências são inevitáveis, porém, as fazem cúmplices. Durante o encontro abordam temas importantes e cômicos, como preocupações, desejos, angústias e medos das mulheres de quarenta.
Direção: Ílvio Amaral e Maurício Canguçu
Classificação: 12 anos
DIA 5, SÁBADO, ÀS 21H
Brincando em Cima Daquilo
Peça consagrada no Brasil tem primeira montagem em Belo Horizonte com a atriz Marisia do Prado. Uma comédia dividida em quadros onde a tônica é a força da mulher e seus conflitos entre a vida profissional, a vida de esposa e mãe.
Direção: Ítalo Laureano
Classificação: 14 anos
DIA 6, DOMINGO, ÀS 19H
Guia Prático de Como Educar Sua Mãe
O espetáculo leva ao público, com uma linguagem leve, diversas situações cômicas e comuns entre mães e filhos, levando a plateia a se identificar, se divertir e a se emocionar do começo ao fim da peça. Guia Prático de Como Educar a Sua Mãe é considerada uma das grandes surpresas no cenário teatral mineiro em 2016.
Direção: Maurício Canguçu e Ílvio Amaral
Classificação: 12 anos

TEATRO RAUL BELÉM MACHADO
DIA 4, SEXTA-FEIRA, ÀS 21H
Desculpa, Não Estamos na TV
E se houvesse humor em todos os programas da TV? Bruno Berg, Thiago Carmona, Bruno Costoli e João Basílio provam que é possível fazer rir em jornais, competições de talentos, documentários e homenagens tipo "esta é sua vida". Com muita interação da plateia, os quadros se sucedem como em uma programação televisiva com humor inspirado em notícias, comportamento, música e propaganda, incluindo cenas criadas na hora.
Direção: coletiva
Classificação: 14 anos
DIA 5, SÁBADO, ÀS 21H
Um Solteiro Fora de Forma
Após 10 anos de casamento, Ariel é colocado para fora de casa pela esposa cansada de ver o marido desleixado com a vida conjugal. Mesmo amando sua mulher, ele resolve contratar Jimmy,  um personal stylist para ajudá-lo a se inserir novamente no mundo das paqueras e conquistas. Inusitados e curiosos treinamentos deixam Ariel cada vez mais embaraçado e inseguro. O que todos não sabem, é que a vida reservou uma grande surpresa para esse solteirão!
Direção: Carlos Nunes
Classificação: 14 anos
DIA 6, DOMINGO, ÀS 19H
Até que o Face ou Zap Zap nos Separe, Nos Una ou Nos Mate
Um casal tem a vida virada de cabeça para baixo depois de deixar cair no Facebook e no WhatsApp acontecimentos comprometedores e bizarros do passado. De modo bem engraçado, o espetáculo nos faz refletir sobre as consequências do uso exagerado das redes sociais e novas tecnologias, revelando como o uso desmedido podem afetar nossas vidas em uma relação amorosa ou profissional.
Direção: Emília Marcílio
Classificação: 14 anos