FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

sábado, 15 de outubro de 2016

Ações e investimentos globais para acabar com epidemia de tuberculose estão aquém do necessário, adverte relatório da OMS



Novos dados publicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no relatório global sobre tuberculose de 2016 mostram que os países precisam se mover mais rapidamente para prevenir, detectar e tratar a doença com o objetivo de cumprir as metas globais. Governos concordaram sobre as metas para acabar com a epidemia de tuberculose tanto na Assembleia Mundial da Saúde quanto na Assembleia Geral das Nações Unidas, no contexto dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável - incluindo uma redução de 90% nas mortes por tuberculose e uma diminuição de 80% nos casos da doença até 2030 em comparação com 2015.

“Nós enfrentamos uma árdua batalha para alcançar as metas globais para tuberculose”, afirmou Margaret Chan, Diretora-Geral da OMS. “É necessário um aumento massivo de esforços ou os países continuarão a ficar para trás nesta epidemia mortal e essas metas ambiciosas serão perdidas.”

O relatório global da OMS deste ano destaca desigualdades consideráveis entre os países ao possibilitar que pessoas com tuberculose acessem intervenções custo-efetivas de diagnóstico e tratamento, que podem acelerar a taxa de declínio da doença em todo o mundo. O relatório também sinaliza a necessidade de um compromisso político ousado e aumento do financiamento.

Leia mais aqui