FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Centro de Estudos debate desafios éticos e jurídicos das pessoas com deficiência

O Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos, da Escola Nacional de Saúde Pública, recebeu as professoras Heloisa Helena Barboza, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), e Maria Clara Dias, da Universidade Federal Fluminense (UFRJ), para discutir os desafios éticos e jurídicos das pessoas com deficiência. Apesar de sabermos que a cidadania deveria estar presente em todos os âmbitos da sociedade, na maioria das vezes, não é o que ocorre. 

Sob a coordenação do pesquisador Sergio Rego, do Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS), o debate marcou também o início das atividades letivas do segundo semestre da Pós-Graduação. De acordo com Sergio, a população de pessoas com deficiência foi contemplada no ano passado com a aprovação da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, que traz grandes novidades e afeta profundamente a vida e os direitos desse segmento populacional. 

Para o coordenador geral do PPGBIOS, é importante discutir os aspectos e desafios éticos e jurídicos dentro do contexto atual de grande preocupação, uma vez que estamos passando por um momento delicado, em que as perspectivas são de um governo que vai contra, cada vez mais, os direitos adquiridos e os direitos conquistados da cidadania.