FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

XII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa; V Simpósio de Plantas Medicinais de Fitoterápicos no Sistema Público de Saúde; Congresso Internacional de Fitoterapia; I Congresso Brasileiro de Farmácia Estética e I Simpósio Farmacêutico de Nutracêuticos

Congresso Mundial

Atuação clínica, Fitoterapia, Estética, Cosmética e Nutracêuticos serão áreas das capacitações e debates promovidos pelo CFF e a Associação dos Farmacêuticos de Língua Portuguesa (AFPLP) no XII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa; V Simpósio de Plantas Medicinais de Fitoterápicos no Sistema Público de Saúde; Congresso Internacional de Fitoterapia; I Congresso Brasileiro de Farmácia Estética e I Simpósio Farmacêutico de Nutracêuticos.
"Vida em equilíbrio: saúde, beleza e bem-estar" é o tema do Congresso Mundial que reunirá especialistas e interessados no que há de mais atual sobre Fitoterapia, Estética, Cosmética e Nutracêuticos. O evento internacional realizado pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), e pela Associação de Farmacêuticos de Língua Portuguesa (AFPLP) com apoio dos conselhos regionais, reunirá fóruns, palestras, workshops e simpósios, nos dias 8, 9 e 10 de novembro, em Gramado (RS).
A expectativa é reunir cerca de 1500 profissionais e estudantes com interesse nessas áreas farmacêuticas que estão se desenvolvendo fortemente no Brasil. Esta será a segunda vez que o Congresso Mundial ocorre no Brasil. A primeira foi há 16 anos na cidade do Rio de janeiro. A edição brasileira do Congresso Mundial da AFPLP reunirá várias atividades dedicadas à saúde, equilíbrio e bem-estar. Haverá um congresso internacional de Fitoterapia e um congresso de Plantas Medicinais e Fitoterápicos no Sistema Único de Saúde (SUS), que também ocorre bienalmente. Aliou-se ainda ao evento, o primeiro Congresso Nacional de Estética e Cosmética e, também, o Simpósio de Nutracêuticos.
De acordo com o Presidente do Congresso, Presidente da AFPLP e vice-presidente do CFF, Valmir de Santi, o congresso tem o objetivo de buscar a organização e o aprimoramento profissional no país onde é realizado. Ainda segundo o presidente da AFPLP, além de organizador da categoria, o congresso suscita diversas oportunidades e parcerias.
No centro do Congresso Mundial da AFPLP as discussões estarão voltadas para a área clínica, já que no mundo inteiro, a atividade farmacêutica está avançando nessa área. Cada vez mais os farmacêuticos estão assumindo funções que os colocam mais focados no cuidado ao paciente, não se restringindo mais ao medicamento.
Palestrantes de Língua Portuguesa e de outros idiomas compartilharão o knowhall em diversos aspectos ligados ao eixo principal da farmácia clínica. Uma mesa redonda, no início do evento, apresentará um panorama das doenças crônicas no mundo e qual o papel do farmacêutico que atua no acompanhamento e manejo de pacientes crônicos.
Esse eixo temático também contará com duas mesas redondas para demonstrar as experiências da atuação em farmácia clínica que tiveram êxito em nível nacional e internacional. Essas mesas redondas têm o intuito de aprimorar pessoal para atuar e implantar serviços de saúde na área clínica.
Na mesa nacional, serão apresentados casos de sucesso de farmácias ou hospitais que implantaram serviços de acompanhamento em vários municípios brasileiros. Na mesa internacional, profissionais de Língua Inglesa apresentarão experiências de desenvolvimento e de atuação do farmacêutico em área clínica em seus países de origem. Assim como, sobre a prescrição farmacêutica, como funciona a área da farmácia e a atuação profissional nos sistemas de saúde daqueles países.
Na área da fitoterapia, as discussões contarão com o envolvimento dos ministérios competentes pela atividade fitoterápica. O Ministério do desenvolvimento Agrário (MDA), participará das mesas de debates sobre o desenvolvimento de plantas medicinais.
A abordagem da Fitoterapia será voltada, principalmente para a área pública. As mesas redondas discutirão as funções dos ministérios em questões como financiamento e novos projetos nas áreas de plantas medicinais e fitoterápicos. Haverá ainda, visitação a um arranjo produtivo na região de Nova Petrópolis, próximo a Gramado, onde agricultores e indústria tem uma relação próxima, que vai da produção à utilização da planta medicinal transformada em fitoterápico. Serão apresentados, ainda, modelos internacionais de forma mais ampla e também será abordada a pesquisa e desenvolvimento industrial. Dentre as atividades da fitoterapia, acontecerá em paralelo a Reunião do Comitê Temático da Farmacopeia Homeopática Brasileira.
Na área da Estética e Cosmética, uma atividade nova que os farmacêuticos estão assumindo agora, a intenção é divulgar esse novo campo de trabalho. Farmacêuticos que já atuam e que desejam atuar em Estética e Cosmética terão acesso às novidades destas áreas.
Há a intenção de fundar ainda, durante o Congresso, a Sociedade Brasileira de Estética e Cosmética.
A área de Nutracêuticos segue o mesmo conceito. A área combina Nutrição e Farmácia e estuda os componentes presentes nos alimentos para descobrir benefícios à saúde e prevenção de doenças.
O Simpósio de Nutracêuticos trabalhará a prescrição farmacêutica, que já existe há algum tempo, mas que ainda não teve uma abordagem direta como a que o Congresso oferecerá.
Em resumo, será um evento ímpar, onde renomados conferencistas, nacionais e internacionais, estarão reunidos para levar a termo todo proposto para este grande Congresso, em um momento de plena ascensão e expansão da profissão, em que as práticas clínicas se consolidam, criando um novo papel para o farmacêutico perante a saúde pública e a sociedade.