FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Terceirização é o tema que marca a volta dos ciclos de debates do grupo Reinventar

A Câmara dos Deputados aprovou, em março passado, um projeto de lei que libera a terceirização para qualquer ramo de atividade nas empresas. O projeto já foi sancionado pelo presidente Michel Temer. O que isso representa para os jornalistas e os profissionais de comunicação em geral? Em torno dessa questão, o grupo Reinventar JornalistasRJ abre seu ciclo de encontros de 2017, agora em um novo formato, mais informal.
"Como inovar e empreender em tempos de terceirização: o que muda para jornalistas e profissionais de comunicação" será o tema do bate-papo a ser realizado no próximo dia 25 (quinta-feira), das 10h às 13h, na Associação Brasileira de Imprensa, no lounge do 11º andar. Os convidados dessa rodada são: o sócio-fundador da startup Canal Meio, Vitor Conceição; a advogada Luiza Paula Gomes, do TI Rio (Sindicato das Empresas de Informática do Estado do Rio de Janeiro), e o head da ACE Aceleradora de Startups no Rio, Apolo Lira.
A apresentação e mediação ficará por conta da jornalista Rosayne Macedo, coordenadora do Reinventar. Representando a ABI, Jesus Chediak, que vai anunciar os novos projetos da casa para o ano de 2017.
Sobre terceirização
É quando uma empresa contrata outra empresa para cuidar de uma tarefa, em vez de ter funcionários próprios para isso. De acordo com a nova lei, deixa de existir a diferenciação entre atividade-meio e atividade-fim e todas as funções podem ser terceirizadas. Além disso, a empresa que contrata os serviços terceirizados passa a ter "responsabilidade subsidiária" em relação às obrigações trabalhistas da prestadora de serviços. Isso quer dizer que a responsabilidade é da empresa que presta o serviço e, depois, de quem a contratou.
Em relação aos jornalistas, há tempos vários profissionais se tornaram PJs (pessoas jurídicas), muitas vezes por imposição das próprias empresas em que trabalham. Saber como fica a situação dos PJs com a nova lei, em um mercado cada vez com menos oportunidades de trabalho CLT, é um dos objetivos do debate.
As inscrições são gratuitas e devem ser feitas mediante preenchimento do seguinte formulário: https://goo.gl/forms/FGU8N5WtvXrzX2d22 . As vagas são limitadas.
O Reinventar reinicia suas atividades em novo formato, mas a proposta de atualizar e capacitar os profissionais de Comunicação para o novo momento da profissão se mantém. Bem como o café colaborativo e as atividades do Repórteres do Bem, projeto social que visita instituições. Assim, traga sua contribuição e participe!
Serviço
DIA: 25/05 (quinta-feira), das 10 às 13h
LOCAL: Lounge da ABI (Rua Araújo Porto Alegre 71- Edifício Hebert Moses, 11º andar - Centro).
INSCRIÇÕES: Gratuitas e limitadas. Clique aqui: https://goo.gl/forms/FGU8N5WtvXrzX2d22

PÚBLICO-ALVO: Jornalistas e demais profissionais de Comunicação (prioridade para integrantes dos grupos Reinventar e JORNALISTASRJ)
REPÓRTERES DO BEM: visitas a orfanatos e asilos. Dessa vez, a visita será no Lar Maria de Lourdes, em Jacarepaguá. A casa atende em regime de residência 40 crianças e adolescentes especiais, portadores de deficiência física e/ou mental. Além de brinquedos, a instituição precisa de alimentos não perecíveis como: Mucilon de arroz e aveia, Mucilon multicereais, mel, suco de caixa, desinfetantes, pó de café, geleia de mocotó, arroz, feijão, macarrão, óleo, Sustagem de baunilha e morango, alho e extrato de tomate.
Realização Rede Reinventar JornalistasRJ com apoio da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e Jornalistas & Cia.
#ReinventarJornalistasRJ